quarta-feira, 26 de setembro de 2012

NO CAMINHO DE ROMA

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

"Quando eu me encontrava fazendo o caminho de Roma, um dos quatro caminhos sagrados de minha tradição mágica, me dei conta – depois de quase vinte dias praticamente sozinho – que estava muito pior do que quando havia começado. Com a solidão, comecei a ter sentimentos mesquinhos, amargos, ignóbeis.

Procurei a guia do caminho, e comentei o fato. Disse que, ao iniciar aquela peregrinação, achei que ia me aproximar de Deus: entretanto, depois de três semanas, estava me sentindo muito pior.

— Você está melhor, não se preocupe – disse ela. — Na verdade, quando acendemos a luz interior, a primeira coisa que vemos são as teias de aranha e a poeira, nossos pontos fracos. Já estavam ali, só que você não estava vendo nada, porque estava escuro. Agora ficou mais fácil limpar sua alma."


[Paulo Coelho]

2 bilhetes:

Nina Dias disse...

Oi Gi, voltei! Lindo pensamento! Lindo dia! bjs Nina

fabio disse...

Paulo muito inteligente escritor favorito sempre.

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket