quinta-feira, 1 de outubro de 2009

ABRINDO A PORTA

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Numa terra em guerra, havia um rei que causava espanto.
Cada vez que fazia prisioneiros, não os matava, levava-os a uma sala que tinha um grupo de arqueiros num canto e uma imensa porta de madeira envelhecida no outro, onde estavam gravadas figuras medievais.
Nessa sala, o rei fazia os prisioneiros ficarem em círculo e então dizia: -Vocês podem escolher. Morrer flechados por meus arqueiros ou passar por aquela porta e por mim e lá serem trancados.
Todos os que por ali estiveram, escolheram ser mortos pelos arqueiros.
Quando a guerra terminou, um soldado que tinha servido o rei durante muito tempo disse o seguinte: - Senhor, posso lhe fazer uma pergunta? - Diga soldado, respondeu o rei. - O que havia por trás da assustadora porta? - Vá e veja, ordenou o monarca.
O soldado então abriu a porta devagar.
Percebeu que, à medida que a porta abria, raios de sol iam entrando e clareando o ambiente.
Até que, com a porta totalmente aberta, notou que havia um caminho. E que esse caminho tinha uma saída, que era a liberdade.
O rei então falou: Eu dei aos prisioneiros a liberdade de escolha. Mas eles preferiram morrer a ter de arriscar e abrir a porta.
 Quantas portas deixamos de abrir pelo medo de arriscar?
Quantas vezes perdemos a liberdade, apenas por sentirmos medo de abrir a porta de nossos sonhos?
E nos sentimos já derrotados antes de tentar...
Pense nisso e siga em frente.
Porque a vida vale a pena.
Vale a pena tentar.
Está a um passo de nós...
Ânimo...
Coragem é a palavra da vez.

4 bilhetes:

Teresa disse...

Ola!Gislene
Eu estou sempre preferindo abrir a porta no novo, gosto de viver o diferente, mas nem sempre podemos pois estamos ligados a outros.O texto é uma lição de vida, gostei muito.
Parabéns pela escolha.
bjos no coração,
Teresa Grazioli

Elizabeth disse...

Olá Gislene,

Lindo texto. Me lembrei do Rei Leão - (mudar é bom, mas dói), adoro aquele diálogo com o macaco.
Um abraço.

♥ Driii ♥ disse...

Ótimo post Gis!!!
É isso mesmo que vc escreveu... Não podemos deixar nossos medos tomarem conta da nossa vida.
Menina, se eu desse ouvido ao medo eu não teria chegado onde cheguei, com certeza!
Aliás, eu nem teria tentado chegar!
Estaria assustada e triste, vivendo uma vida pequena e sem esperanças.
Que esse post sirva de estímulo e que ele dê coragem a todos que passarem por aqui...

Beijão garota!!!

Ótima quinta!

.Lis disse...

Nao devemos desprezar as portas quando elas se abrem pra nós. Descobrir o mundo que há do outro lado.
Gostei do texto. Está semdo bom vir aqui te ler.
Bjs

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket