domingo, 20 de novembro de 2011

RAMATÍS E A SABEDORIA DOS PRETOS-VELHOS, ÍNDIOS E CABOCLOS

domingo, 20 de novembro de 2011
[Pai Guiné, por Ching. Arte de Lívio Barbosa]


O Mestre não fez exceções nem destacou privilégios, mas recomendou-nos um amor incondicional, desinteressado e puro! Eis por que os espíritos desencarnados, que realmente confiam nos ensinamentos do Cristo, curvam-se humildes e devotam-se ao bem alheio sem quaisquer julgamentos prematuros ou pretensões egoístas.


É o que acontece aos "pretos-velhos", caboclos e silvícolas benfeitores, que trabalham incondicionalmente a favor dos sofredores encarnados, pois, embora ainda não sejam diplomados pelas academias do mundo, eles se consagraram na escola do amor do Cristo! Assim, eles receitam o xarope, a erva, a mezinha caseira ou a homeopatia, despreocupados da crítica dos médicos ou cientistas terrenos, mas certos de que Deus saberá decidir quanto ao merecimento dos enfermos que forem socorridos.


E graças à condição de espíritos desencarnados, eles ainda podem servir melhor os enfermos encarnados, porque os examinam diretamente no perispírito e assim identificam-lhes a enfermidade, por vezes considerada incurável, quando sob os cuidados da vossa medicina.




[Ramatís, psicografia de Hercílio Maes. Do livro Mediunidade de Cura, pág.173, Cáp.12. O receituário mediúnico dos "pretos-velhos", índios e caboclos]


...Meu Deus, quanta bondade ainda existe neste Mundo.

[Gislene]

5 bilhetes:

VELOSO disse...

Isso é lindo!

Milton Kennedy disse...

Oi Gislene, que post bacana, sobretudo pela data em que foi postado. Adorei.

Grande abraço, saúde e muita paz interior.

;D

Nina Dias disse...

oi Gi, quanta sabedoria e bondade como você mesma disse! bjs e lindo domingo, Nina

Elizabeth disse...

Oi Gi,
Somos muito ajudados por esses queridos amigos e nem desconfiamos.
Beijo.

Artes da Cris disse...

lindo!!!
bjo

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket