segunda-feira, 12 de março de 2012

DIZER O AMOR

segunda-feira, 12 de março de 2012

Economizar amor é avareza. Coisa de quem funciona na frequência da escassez. De quem tem medo de gastar sentimento e lhe faltar depois. É terrível viver contando moedinhas de afeto. Há amor suficiente. Há amor para todo mundo. Há amor para quem quer se conectar com ele. Não perdemos quando damos: ganhamos junto. Quanto mais a gente faz o amor circular, mais amor a gente tem. Não é lorota. Basta sentir nas interações do dia-a-dia, esse nosso caderno de exercícios.


Do texto "Dizer o amor"


[Ana Jácomo]


4 bilhetes:

Nina Dias disse...

Verdadeiro , adorei! bjs Nina

lis disse...

Oi Gi
A Jácomo escreve o que gostaríamos de ouvir. O amor quando repartido faz o mundo melhor ,mais resplandecente!
Obrigada pela presença que me trouxe a sua casa.
Uma linda semana , um bom abraço e vamos semear o amor por onde andarmos.
beijinhos

Elizabeth disse...

Oi Gi,
Beijinho na ponta do nariz.

Lindalva disse...

Olá já estava quase fechando a porta tu chegou no último minuto :) Sou a Lindalva da Ilha e moderadora do Ostra da Poesia. Vim firmar que o teu voto 6º Pena de Ouro foi computado com sucesso. beijos perfumados!

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket