quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

VIVER COMO UM SAMURAI

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012


Código Samurai 


1) Os quatro G's 
 Giri significa "obrigação, dever, justiça" um forte laço que une as pessoas. Gisei exprime "sacrifício" e representa a dedicação ao trabalho, mesmo afastando-se da família, temporariamente. Gaman quer dizer "tolerância, perseverança, resistência", é aguentar o que às vezes pode parecer insuportável. Gambaru exprime "esforço, persistência", a capacidade de se envolver de forma profunda e determinada, manter-se firme e forte. 


2) O Ken (visão) e o Kan (conhecimento) 
 Através da visão do futuro, clara e significativa, a pessoa pode vislumbrar melhor suas possibilidades, que, junto com o conhecimento do contexto e dos detalhes, ajudam a tomar as decisões mais sábias. 


3) Melhoria contínua (kaizen) 
 O samurai está sempre treinando e buscando a perfeição para ser um guerreiro melhor hoje do que foi ontem. 


4) Desprendimento (Mu) 
 O desapego tem fortes raízes na cultura Zen budista que influenciou o Bushido. Os interesses do grupo devem prevalecer, não do indivíduo. 


5) Caráter 
 Outro princípio filosófico que o Bushido importou do Zen foi a idéia de que o trabalho deve ser visto como uma forma de engrandecer o caráter. 


6) Atitude mental (Mushin) 
 O código dos samurais diz: "É difícil derrotar os inimigos; é fácil derrotar a si mesmo". Todo o treinamento se concentrava no autoconhecimento que gerava autoconfiança e a decorrente segurança nas decisões em momentos de crise e dificuldade. 


7) Confiança (Amae)
 Por natureza, o samurai acredita, em primeira instância, que as pessoas, de uma forma geral, são boas e honestas. O pressuposto básico que permeia todo início de relacionamento é a confiança. Compartilhar refeições, trocar presentes, participar de fases da vida são formas de construir o "amae". 


8) Habilidades escondidas (Ude) 
 Ao contrário da cultura ocidental, na oriental é comum manter-se escondido mostrando um perfil modesto, restrito, contido e reservado, sem vangloriar-se ou exibir-se gratuitamente, deixando para revelar suas mais importantes forças no momento apropriado e de forma estratégica. 


9) Intuição (Haragei) 
 Entre os samurais, esta característica é fundamental aos seus instintos. Haragei significa "pensar com o estômago" e era um dos traços que famosos empresários japoneses como Konosuke Matsushita, Soichiro Honda ou Akio Morita compartilhavam. A observância a detalhes, a visão holística, o conhecimento tácito e a disciplina constante na educação fazem parte deste treinamento. 


10) Harmonia (Enman) 
 Das artes marciais à cerimônia do chá, da culinária às manifestações artísticas, tudo o que permeia a cultura japonesa contém elementos que se traduzem em equilíbrio, harmonia. Nos negócios, a paciência é uma virtude que se traduz em longas rodadas de negociação e a busca da compreensão da posição do outro ajuda a encontrar soluções.


2 bilhetes:

Malu disse...

Um grande exercício de disciplina e de perseverança... Não é fácil...
Abraços

cris photos disse...

A cultura japonesa é muito interessante e nos ensina muitas coisas,
Bjks

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket