terça-feira, 11 de janeiro de 2011

AH... A MATEMÁTICA, SEMPRE A MATEMÁTICA

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

[meu texto]


Sabe, acho que tenho algum bloqueio com a matemática.
Sei, sei, que é uma ciência exata, sempre os mesmos modelos, só mudam os números...
Sei que precisamos dela a cada instante, a cada momento.
Tanto num supermercado, quanto para avaliar nosso peso!
Sei, bem tudo isto.
Mas não adianta.
Tem coisas que não entendo...
Por exemplo, a operação matemática contrária à divisão é a multiplicação, todos sabem.
Pois é, cheguei a conclusão que na verdade isto está errado!
Ai, ai, ai, os estudiosos desta ciência não gostariam de ler isto nunca!
Enfim... Raciocinem comigo.
Quando eu divido algo, sem querer multiplico.
Divido 4 balas para 4 crianças, cada uma delas sai premiada.
Logo, dividir é multiplicar!
Então, se eu divido amizade, atenção, carinho, acabo por multiplicar bons sentimentos.
Se divido esperança, afeto, multiplico sorrisos.
Se divido alegria, multiplico otimismo.
E nesta divisão não sobra resto.
A divisão promove multiplicação, sempre.
Não são operações inversas.
São fontes de amor.

[Gislene]

6 bilhetes:

Nina Dias disse...

Olá Gislene, você tem toda razão e é muito lógica!Vou adotar essa frase e a prática de: " Dividir é multiplicar", beijos NIna

Malu disse...

Gislene,

Ótimo texto.

Já disse o poetinha:
"Pra que somar se a gente pode dividir ..."


Bjo.

Aprendendo a falar de Amor disse...

a matemática sempre foi o terror da minha vida escolar, por isso sempre me dediquei as letras, dividir conhecimento e bondade é plantar sementes em corações que se multiplicarão a serviço da humanidade cada um aoseu tempo de compreender.
vc é linda ama poesia que nem eu porque é poeta da vida, Gislene. (novo visual?) linda de qualquer jeito bjs no fundo do seu coração que transmite paz a todos e assim divide e multplica essa sensação tão dificil de
ser sentida em tempos de transição do nosso planeta. (que bom ter no final de 2010 ter encontrado-a e espero que em 2011 possamos multipicar a nossa amizade que só começa...Marcos!!!

Nina Dias disse...

Oi Gislene, acho que houve um engano, está tudo bem comigo, o meu post foi homenagem à Clarice Lispector, que eu adoro!Eu estou ótima, graças ao Pai! Um beijão e desculpe a confusão. Nina

Maria José disse...

Gislene. Adorei a sua comparação do amor com a matemática. Muito original. E com ensinamentos profundos e reflexivos. Beijos, amiga.

Elizabeth disse...

Oi Amiguinha,
Vim deixar o meu beijinho na sua testa.

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket