quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O FIM NÃO JUSTIFICA OS MEIOS

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O fim nunca justificará os meios utilizados para conquistá-lo.
Na prática, o assunto é oposto ao afirmado, pois os meios ou instrumentos escolhidos para conquistar objetivos determinados revelam a natureza de quem os escolheu tanto quanto o próprio objetivo pretendido.

A qualidade do caminho trilhado é infinitamente mais importante do que o fim desse, é a maneira com que você escolhe andar pela trilha da vida o que justifica aonde você chegará, que tipo de pessoas se associarão a você e, também, as diversas vicissitudes que tentarão avisar você de excessos que seriam contrários ao plano maior em que tudo se desenvolve.
Sim, há um plano maior! Ainda que nós não saibamos enunciá-lo ou explicá-lo, nada disso o torna menos real.

[Oscar Quiroga]

3 bilhetes:

Teresa disse...

Ola! Gi
Vc como sempre, muito atenciosa e gentil
Fiquei feliz com sua visitinha no meu cantinho, volte sempre.
Bjs no coração, que o mestre esteja sempre juntinho de todos vcs.
c/carinho
Teresa

J.Frederico Schmidt disse...

Creio plenamente neste plano maior.
Para muito o caminho parece tranquilo.
Meu plano parece complicado, é como escalar o EVEREST, mas conseguiriei porque meu Pai nunca me abandonou.
Mas confesso que está difícil. E como !!!!!
Será que vale apenas buscar respostas ou a aceitação ativa basta ?

Flávia Macêdo da Silva disse...

Tão difícil. As vezes a gente fixa o fim e vai cambaleando até ele, trôpegos no caminho, desajeitados. Me fez refletir...

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket