quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

COMO UMA FÊNIX

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011


"... e assim, aos poucos, ela se esquece dos socos,
pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará.
A moça - que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca - levanta e segue em frente.
Não por ser forte, e sim pelo contrário...
por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração,
na sua alma, na sua essência.
E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda.
Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo."



[Caio Fernando Abreu]

2 bilhetes:

Nina Dias disse...

Muito bonito, gosto muito da obra do Caio ... beijo Nina

Lais M. disse...

Gii qrida
adoro os textos do Caio, ele fala mto por mim, as vezees!

Estou a retornar, para ver suas novidades aqui! ^^

beijao flor!

;*

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket