sexta-feira, 8 de abril de 2011

A TRISTE REALIDADE

sexta-feira, 8 de abril de 2011


"Eu não sabia, Senhor, que o mundo era tão vasto e doloroso. E que, desejando a vastidão do mundo, meu coração conheceria também a vastidão da dor.


[Caio Fernando Abreu]


Durante milhares de anos temos trabalhado para fazer deste planeta um grande hospício, e infelizmente conseguimos.

Em toda parte as mesmas coisas se repetem: as pessoas estão se matando umas às outras, há violência pelo simples motivo que nós, de maneira muito sutil, não permitimos que as pessoas usem suas energias de formas criativas.

E, sempre que as energias criativas são bloqueadas, tornam-se destrutivas.

A violência não é o verdadeiro problema. O verdadeiro problema é como ajudar as pessoas a serem criativas. Uma pessoa criativa não pode ser violenta porque suas energias estão se movendo em direção ao divino. Então você não pode ser violento, não pode ser destrutivo; isso é impossível.

Contudo, por milhares de anos destruímos todas as portas possíveis para a criatividade. Em vez de ajudar as pessoas a serem criativas, nós as treinamos para serem destrutivas. Guerreiros, soldados: nós os respeitamos demais.

Precisamos de amantes, não de combatentes. Mas o amor é condenado e a violência valorizada. É mais fácil brigar com uma pessoa e decidir quem está certo. A lei do mais forte — a lei da selva continua valendo.

Dizemos que os homens são civilizados... Eles ainda têm que se tornar civilizados. Essa é apenas uma ideia que ainda não foi concretizada. Os homens são civilizados apenas superficialmente, é apenas uma camada de verniz.

Basta arranhar essa superfície e você irá encontrar o animal por baixo — uma besta feroz, muito mais feroz que qualquer animal selvagem.

Nenhum animal, por mais selvagem que seja, usa bombas — bombas atômicas, bombas de hidrogênio. Comparado aos homens e à sua violência, qualquer animal fica muito aquém.

[Osho, em "Osho de A a Z: Um Dicionário Espiritual do Aqui e Agora", retirado do blog do Murilo]


Pelas crianças vítimas da violência no Brasil e em todo o mundo.

6 bilhetes:

Nina Dias disse...

Lindo! Osho, lindo! bj Nina
Ficou demais a Música Terra!!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Gislene
O "ser", vai ter ainda que percorrer um longo caminho, para ser tornar humano. Quem e civilizado não organiza sua própria destruição.
Bjux

alegria de viver disse...

Olá

Vim deixar meu carinho, deixo as palavras para depois.

Com muito carinho BJS.

♫*Isa Mar disse...

Oi Gislene, eu li este texto hoje em Osho, ótima escolha para homenagear as crianças.
E o mundo continua sua trajetória até que possamos criar mais e destruir menos
Beijos e bom fim de semana!

Pelos caminhos da vida. disse...

Gosto das mensagens de Osho.

Que esses Anjinhos descansem em paz, e que a violência acabe...

Fim de semana iluminado Gi.

beijooo.

Artes da Cris disse...

Muito lindo e verdadeiro!
Ana

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket