quarta-feira, 17 de agosto de 2011

SERES ESPIRITUAIS

quarta-feira, 17 de agosto de 2011


Seria extremamente infantil a crença de que o simples "baixar do pano" resolvesse transcendentes questões do Infinito.


Uma existência é um ato.
Um corpo - uma veste.
Um século - um dia.
Um serviço  uma experiência.
Um triunfo - uma aquisição.
Uma morte - um sopro renovador.


Quantas existências, quantos corpos, quantos séculos, quantos serviços, quantos triunfos, quantas mortes necessitamos ainda?


[André Luiz, do livro Nosso Lar, psicografia de Francisco Cândido Xavier]



"Uma vez tendo experimentado voar, caminharás para sempre sobre a Terra de olhos postos no Céu, pois é para lá que tencionas voltar."


[Leonardo Da Vinci]

2 bilhetes:

lis disse...

Oi Gislene
Momentos bons para refletir.
Penso que sendo a existencia um ato,importante é desenvolver atitudes com a experiencia de cada dia.Que o sopro possa ser único.
grande abraço

Sheila - Blog "Passarinhos no Telhado" disse...

Passando para alimentar os olhos, alimentar a alma e te deixar um beijo!

 
[MUNDO DA GISLENE] © 2008. Design by Pocket